08/12/2016 | Saindo da rotina

Como anda a vidinha?

Bora, dar um up na vidinha?

Mas antes vamos entender como anda a vidinha nos dias de hoje. Para depois saber como vamos dar o Up, né?

Qual foi a última vez que você ficou sem fazer nada? Ou simplesmente parou para pensar na sua vidinha?

reflexoes_sobre_o_mundo_moderno-up_na_vidinha

Vivemos num mundo totalmente acelerado. E para mim, essa loucura tem tudo a ver com essa Era cada vez mais tecnológica. É claro, que tudo na vida, tem o ônus e bônus. E acredito que tem muito mais bônus, do que ônus. Mas a pergunta que me faço é: será que estamos sabendo realmente aproveitar todas as vantagens? sinto que estamos sendo engolidos como um volume de informações cada vez maior, e que não temos mais tempo nem para pensar, que sá relaxar. E toda vez que vem algo para otimizar nosso tempo, nós acumulamos mais coisas para fazer.

Por exemplo, há 20 anos atrás íamos almoçar na hora do trabalho e pronto. Era apenas isso, almoçar com os colegas de trabalho. Hoje no caminho até o restaurante, vamos falando no whats, conversando com meio mundo, pois vc não conseguiu responder as 102 mensagens que tinha nos seus 18 grupos….rs! Resolvendo mais uns probleminhas aqui outros ali. Além de ficar totalmente disponível para interromper seu almoço a qualquer hora que o seu chefe te ligar. E dependendo do conteúdo da chamada você irá perder a fome na mesma hora e deixar aquela lasanha que estava maravilhosa, no prato. Quem nunca?

E quando vamos fechar uma viagem? Como era antigamente? Íamos numas 3 agências de viagens, eles mostravam uns pacotes e pronto, era o que tinha. Mas e hj? Temos que começar a pesquisar pelo menos 3 meses antes, pois há no mínimo uns 4 sites de passagens áreas, 5 de hotéis, sem contar aqueles que trazem todos, uns 16 blogs para ler e mais uns 12 vídeos no youtube sobre o lugar. Muitas vezes vc sabe muito mais do lugar do que uma pessoa que mora lá a vida toda…kkkkk

reflexoes_sobre_o_mundo_moderno-up_na_vidinha

Relembrando minha infância… eu tinha 5 canais de TV, hj existem mais de 200 na TV a cabo, sem contar os milhares de canais que existem no youtube. O que tem de mal nisso? Nada! Pelo contrário, temos um universo de opções imensas, onde quem tem conteúdo tem espaço também. Por isso, que digo que temos muitos mais bônus do que ônus, mas por outro lado, vocês conseguem perceber que a vida limitada do passado que tínhamos, nos trazia uma simplicidade e nos obrigava a planejar melhor. Já pararam para pensar nisso? E também não nos permitia fazer tantas coisas ao mesmo tempo.

reflexoes_sobre_o_mundo_moderno-up_na_vidinha-3

E num mundo onde cada vez mais temos menos tempo, creio que a palavra de ordem do meu próximo ano, será filtro!  Pois, será que estamos sabendo lidar com essa vida moderna, ou simplesmente estamos indo pela inércia? Querendo absorver muito mais do que precisamos?

Como hoje temos tudo tão a mão, não estamos conseguindo nos permitir simplesmente parar, respirar, pensar e relaxar. E talvez estamos vivendo numa vidinha muito fora daquilo que desejamos, e sem energias para conseguir mudá-la ou pior de tudo, sem perceber.

Mas o que é um “UP” na vidinha? É repensar como investimos principalmente nosso tempo e também nosso dinheiro para resgatar aquilo que realmente nos faz feliz e também para descobrir novas experiências. Começar a ter um repertório de vida mais interessante e não viver nesse modo automático dessa vida loca.

:: Plano de ação para dar um “up na vidinha” 

Pare, respire, pense [filtre] e relaxe.

Como posso filtrar melhor todo o conteúdo que tenho acesso? Estenda também para sua vida pessoal e profissional. Com certeza você conseguirá eliminar muitos compromissos desnecessários, atividades sem sentidos, amizades que não tem nada a ver com seu astral, seguir tantas pessoas nas redes sociais, funções que não te competem e muitas outras coisas que apenas consumem sua energia.

Concorda? Deixe sua opinião aqui, adoro esse tipo de debate sobre como podemos melhorar de vida.

Comente no Facebook!

Deixe um Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *